REFINAMENTO


País(Termos)

Concelho(Termos)

Cidade(Folhas)



Tipologia Informacional(Termos)


Material do Suporte(Folhas)


Estado de Conservação



Contêm elementos multimédia

  • 101 a 120 de 299 resultados

Carta Régia 3/41

nível Documento  cod. ref. C.CR.000003.41  data final 1503-05-28 
Português
D. Manuel I ordena ao corregedor António Pinho que dê os regimentos dos oficiais e dos pesos nas cidades, vilas e lugares do seu reino.
47816D
1 itens
  Detalhes

Carta Régia 3/42

nível Documento  cod. ref. C.CR.000003.42  data final 1508-04-14 
Português
D. Manuel I dirige-se ao corregedor de Entre-Douro-e-Minho, para que verifique a necessidade de fintar e taxar na vila de Viana.
47817A
1 itens
  Detalhes

Carta Régia 3/43

nível Documento  cod. ref. C.CR.000003.43  data final 1758-05-22 
Português
O Conselho da Fazenda ordena que se nomeie um recebedor para o próximo ano para que não se verifique os prejuízos dos últimos anos.
47818H
1 itens
  Detalhes

Carta Régia 3/44

nível Documento  cod. ref. C.CR.000003.44  data final 1592-08-08 
Português
D. Pedro I confirma os privilégios à vila de Viana. Nota: A data que o escrivão entendeu nesta carta 24 de Agosto de 1295 não corresponde em nenhum momento à vida ou reinado de D. Pedro I. Assim fica impossível de saber a veracidade desta carta.
47819E
2 itens
  Detalhes

Carta Régia 3/45

nível Documento  cod. ref. C.CR.000003.45  data inicial 1767-11-09  data final 1770-12-12 
Português
D. José I informa o corregedor e ministros da Junta das Coudelarias da Comarca de Viana sobre os privilégios dos encargos com as coudelarias.
0059469G
10 itens
  Detalhes

Carta Régia 3/46

nível Documento  cod. ref. C.CR.000003.46  data final 1610-12-30 
Português
Álvaro Pires, Damião Fernandes e António Gonçalves, moradores na vila de Viana, arrematam as rendas dos vinhos, pelo preço de oitocentos e setenta mil réis, com a condição de que nenhum procurador pague do vinho de sua colheita nenhuma sisa.
47821H
2 itens
  Detalhes

Carta Régia 3/47

nível Documento  cod. ref. C.CR.000003.47  data final 1499-12-20 
Português
D. Manuel I declara aos juízes e oficiais da vila de Viana que usem do foral com todas as suas disposições, até que se termine o novo.
47822E
1 itens
  Detalhes

Carta Régia 3/48

nível Documento  cod. ref. C.CR.000003.48  data final 1748-02-28 
Português
Sentença contra o alferes de infantaria José Caetano Pinto do Lago, da freguesia de Anha, a favor do procurador da Câmara de Viana, Domingos Ribeiro de Araújo e do síndico da mesma Câmara, Pascoal Rodrigues Ribeiro. A questão judicial baseia-se no facto do citado José Caetano Pinto do Lago ter sido nomeado guarda-mor de Viana, por carta de provisão, de Lisboa, em 17 de Setembro de 1742 e, já antes (1741) ter também obtido o mesmo despacho. Assento este que veio durar de 1741 a 1748 e foi julgado...
47823B
  Detalhes

Carta Régia 3/49

nível Documento  cod. ref. C.CR.000003.49  data final 1788-06-17 
Português
Investigação sobre a tomada da praia, junto ao jardim, no quintal da Faúla, que José Gonçalves Calheiros fez em 1786 e a Câmara se opôs.
478241
  Detalhes

Carta Régia 3/50

nível Documento  cod. ref. C.CR.000003.50  data final 1805-09-15 
Português
O escrivão do Senado da Câmara, Francisco José Barbosa da Costa, certifica vários alvarás régios 1 º 1598, Junho, 20 – Lisboa relativo à imposição da renda do vinho, carne, azeite e sal que se vendem na vila de Viana; 2º Alvará, Lisboa, 20 de Junho de 1628, onde o rei prolonga a provisão do Sal, Vinho e do Azeite por mais cinco anos. 3º Alvara, 4 de Fevereiro de 1629; 4º 23 de Abril de 1652.
47825F
10 itens
  Detalhes

Carta Régia 3/51

nível Documento  cod. ref. C.CR.000003.51  data final 1610-10-25 
Português
D Filipe II autoriza os oficiais da Câmara da vila de Viana a gastar até dez mil réis das rendas do concelho na missa e festa que fazem em dia de S. João Baptista, em cada ano, na ermida do dito santo, na Abelheira.
305 x 210 mm
3 itens
  Detalhes

Carta Régia 3/52

nível Documento  cod. ref. C.CR.000003.52  data final 1565-12-23 
Português
D. Sebastião ordena ao juiz, vereadores e procurador da vila de Viana, o cumprimento da provisão em que é especificado o tempo de serviço e quais as pessoas que não podem ocupar o cargo de almotacé.
47827J
2 itens
  Detalhes

Carta Régia 3/53

nível Documento  cod. ref. C.CR.000003.53  data final 1798-04-23 
Português
Sentença cível dos apelantes os Vereadores e Procurador do Concelho da Câmara de Viana, contra o apelado Carlos José Malheiro, sobre o cargo de fiel das apelações criminais.
47828G
10 itens
  Detalhes

Carta Régia 3/54

nível Documento  cod. ref. C.CR.000003.54  data final 1796-10-21 
Português
D. Maria I determina que a Câmara continue o cais desde a ribeira até ao Castelo de Santiago da Barra.
47829D
  Detalhes

Carta Régia 3/55

nível Documento  cod. ref. C.CR.000003.55  data final 1796-10-21 
Português
D. Maria I determina que os ministros não podem levar os livros públicos para casa, sem deixarem um documento devidamente assinado.
47830J
  Detalhes

Carta Régia 3/56

nível Documento  cod. ref. C.CR.000003.56  data final 1765-11-29 
Português
Sentença cível do procurador da Câmara de Viana contra o procurador das terras da mesma.
0059479F
  Detalhes

Carta Régia 3/57

nível Documento  cod. ref. C.CR.000003.57  data final 1650-09-13 
Português
Carta de sentença opondo o procurador da Coroa e a Câmara e povo da vila de Viana. Estes queriam citar ao procurador um contrato (1580, Julho, 30) com o treslado de um alvará (1650, Agosto, 23 - Lisboa).
47832D
  Detalhes

Carta Régia 3/58

nível Documento  cod. ref. C.CR.000003.58  data final 1643-06-10 
Português
D. João IV reforma a provisão da liberdade do pão da vila de Viana, por dez anos.
47833A
  Detalhes

Carta Régia 3/59

nível Documento  cod. ref. C.CR.000003.59  data final 1645-08-26 
Português
D. João IV informa o provedor da comarca da vila de Viana, para que se proceda à realização de obras nos canos de duas fontes.
47834H
  Detalhes

Carta Régia 3/60

nível Documento  cod. ref. C.CR.000003.60  data final 1643-06-26 
Português
Os oficiais da Câmara da vila de Viana informam que pediram ao rei, em Cortes, que impedisse o corregedor, provedor e juiz de fora de levar aposentadorias, pois o rei pagava os seus ordenados como é costume.
47835E
  Detalhes